Vale a Pena Morar em Condomínio Fechado?

Saiba se vale a pena morar em condomínio fechado e o que você precisa antes de se mudar para um…

Você trabalha o dia todo e costuma ficar preocupado em deixar sua casa “sozinha” em uma época na qual a violência urbana tornou-se rotina? Você já imaginou contar com pessoas e equipamentos para monitorar a segurança da sua casa enquanto você estiver fora?

Sim, isso não só é possível, como faz parte da realidade de quem mora em um condomínio fechado.

vale a pena morar em condominio fechado

Condomínio Fechado (Imagem: Wikipédia)

Vale a Pena Morar em Condomínio Fechado?

A segurança é a principal vantagem apontada pelos moradores dessa modalidade, pois apesar de não ser 100% garantida (como não o é em nenhum lugar), há porteiros, seguranças, câmeras, ronda noturna, tudo para minimizar os riscos de entrada de desconhecidos.

Dentre os que optam por esse tipo de residência, a grande maioria também aponta a privacidade como uma grande vantagem, pois você não precisará atender vendedores, entregadores de panfletos, pregadores e outras pessoas que facilmente teriam acesso à sua campainha num bairro comum.

Condomínio Unido

Se você acha bacana conviver com os vizinhos, está aí uma ótima oportunidade: moradores de condomínios tendem a ter um senso de comunidade na hora de debater regras e benfeitorias comuns a todos. E isso pode ser livremente expressado e discutido nas reuniões e assembleias.

As crianças também são beneficiadas nesse tipo de moradia, pois podem brincar e transitar pelas ruas do condomínio em segurança.

Decoração

Se você gosta de decoração, com certeza irá curtir a estética das casas, pois em um condomínio fechado todas devem seguir um padrão de construção. O resultado? Desfrutar de uma vista bela e harmoniosa todos os dias ao sair de casa. Isso sem falar dos padrões de limpeza e disciplina que devem ser seguidos por todos os moradores.

Há quem diga que se sente “preso” ou “vigiado” morando em um lugar onde cada passo é monitorado, ou então afirme que existe discriminação entre visitantes e prestadores de serviço. Ou ainda reclame do “aluguel” que deve ser pago todo mês para a manutenção do patrimônio e espaços coletivos.

Mas é necessário levar em conta que uma administração não é igual à outra e, antes de decidir mudar-se para um condomínio fechado, visitar o local e colocar-se a par da política interna é imprescindível.


Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *