7 dicas para comprar um imóvel

Confira algumas dicas para comprar um imóvel com segurança.

Graças à facilidade de financiamento, com prazos de até 35 anos e juros mais amigáveis, a possibilidade de comprar um imóvel tem se tornado cada vez mais real para os brasileiros. Apesar de não se igualar às taxas de países de Primeiro Mundo, as prestações cabem no orçamento de um número cada vez maior de compradores.

Com o aumento da procura por imóveis, houve um número recorde de novos lançamentos imobiliários, além de um crescimento significativo na oferta de casas e apartamentos usados. Diante de tudo isso, o consumidor precisa estar preparado na hora de negociar, para evitar golpes e outras dores de cabeça.

7 dicas para comprar um imovel

Dicas para comprar um imóvel

Dicas para comprar um imóvel

 

Confira algumas dicas essenciais, para lhe auxiliar na hora de comprar um imóvel:

1. Defina o tipo de imóvel que você quer comprar

Antes de sair por aí visitando imóveis, você precisa definir quanto pode gastar.

Você deve ter em mente quanto pretende dar de entrada, e definir um valor de prestação que caiba no seu orçamento.

2. Conheça seu limite de financiamento

Ao invés de já sair procurando por imóveis, é indispensável que você confira com seu banco, antes, quanto você consegue levantar em um financiamento. Isso evita uma frustração lá na frente, no caso de você encontrar o imóvel desejado, fechar o negócio e o banco não liberar o financiamento.

Você pode fazer uma simulação de financiamento, para ter uma noção do valor que pode ser financiado, além do valor da entrada e das parcelas, para que tenha certeza de que não irá comprometer o seu orçamento.

dicas para comprar imóvelDeve ser levado em conta, também, que pode haver dificuldades durante a existência do financiamento, como doenças na família, perda de emprego etc. Por isso, é necessário sempre manter uma reserva para essas eventualidades.

3. Conheça os custos envolvidos na transação

Procure conversar com um bom agente imobiliário sobre as despesas de compra, custos de cartório, impostos etc.

Além disso, faça uma inspeção detalhada no imóvel para verificar se não precisa de alguns reparos, e para saber quanto você irá gastar para fazer esses reparos.

É preciso levar em conta, também, se sua família irá aumentar nos próximos anos, para saber se é possível adequar o imóvel posteriormente para o novo tamanho da família.

4. Faça um roteiro antes de sair para as compras

Aqui, você pode seguir três passos simples: pesquisar imóveis à distância, visitar os imóveis pessoalmente, e avaliar o melhor negócio.

Para pesquisar, você pode fazer uso da internet, onde pode conferir também o preço médio dos imóveis na região que você tem interesse. Fique atento às propostas de desenvolvimento para a região também, que podem alterar o valor do imóvel.

Procure coletar o máximo de informações possíveis, para depois checar pessoalmente.

Ao visitar os imóveis, converse com moradores da região e corretores especialistas na área. Essa etapa pode ser um pouco trabalhosa, mas é essencial, pois comprar um imóvel sem conhecer bem todos esses detalhes é algo muito arriscado.

Por fim, ao avaliar qual é o melhor negócio para você, converse com pessoas de sua confiança antes de decidir, pois quem está de fora às vezes pode levantar alguns pontos importantes para a sua decisão.

5. Comprar um imóvel nem sempre é a melhor opção

comprar ou alugar um imóvelPara a maioria das pessoas, comprar uma casa é o melhor investimento para o dinheiro que está na poupança. Contudo, é preciso tomar cuidado com isso.

Antes de decidir pela compra, é importante estar seguro sobre a sua situação nos próximos anos, como a possibilidade de ter filhos, de mudar de emprego, inclusive para outra cidade ou país etc.

Com isso, nem sempre a compra de um imóvel é a melhor opção. Às vezes, compensa continuar pagando aluguel, pelo menos até que haja mais clareza sobre o assunto.

6. Evite o confronto durante a negociação

Esse é um ponto básico, mas que precisa ser discutido, já que muitos negócios não acontecem pelo surgimento de atritos entre os envolvidos.

Quando as pessoas gostam de você, elas estão inclinadas a decidir a seu favor. Por isso, seja simpático e procure sempre ouvir os pontos de vista da outra parte, pois isso aumenta bastante as probabilidades de sucesso na negociação.

7. Formalize as decisões

Logo depois de iniciada a negociação, e antes de chegar o momento de assinar o contrato, procure formalizar o que foi combinado verbalmente.

Você pode enviar um e-mail para o vendedor, confirmando o negócio com todas as características acertadas durante a negociação.

Isso serve para fortalecer o relacionamento entre comprador e vendedor, oferecer à outra parte a chance de corrigir algum erro e garantir um meio de prova dos termos da negociação, caso isso venha a ser necessário no futuro.

Conclusão

Na hora de comprar um imóvel, todo cuidado é pouco. Analise todos os pontos junto com a família para não se arrepender lá na frente.

Fonte: Época

Imagens: FreeDigitalPhotos.net

 
 

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *